sábado, 20 de novembro de 2010

É um doce te amar, o amargo é querer-te para mim.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir